segunda-feira, 4 de março de 2013

FORMULA VEE ABRE CAMPEONATO DE 2013


Os motores da Formula Vee roncaram de novo em Interlagos neste último sábado, dia 23, na abertura do Campeonato Paulista, versão 2013. Vinte e dois carros apresentaram-se para a largada, contrariando um pouco a expectativa dos organizadores de reunir 30 monopostos no grid. A maioria das ausências deveu-se ao novo regulamento da categoria deste ano que prescreve motores injetados, ao contrário do ano passado onde só carburadores eram permitidos.

Nos treinos livres de sexta feira Rodrigo Rosset teve seu motor estourado logo na segunda volta dos treinos livres, sendo forçado a alugar o segundo carro da equipe LF Competições a fim de participar desta etapa inicial. E mesmo assim o campeão de 2012 não teve maiores dificuldades em marcar a pole na classificação com 2m05s188, debaixo de um tempo instável que frustrou a expectativa dos pilotos de ponta de rodar em torno de 2m.2s. Esses foram os dez primeiros tempos:

1o.- Rodrigo Rosset - # 19 -  Ramazza Seguros - 2m5s.188
2o.- Heitor Nogueira Filho - # 55 - MK - 2m06s.499
3o.- Ricardo Soares - # 16 - 2m.07s.473
4o.- Fernando Monis - # 34 - Monis Racing/TJ - 2m.07s.677
5o.- Eduardo Moreira - # 0 - LF Comp. - 2m.07s.953
6o.- Daniel Ebel - # 32 - TJ Comp/Rax - 2m.08s.142
7o.- Emilio Ianez - # 7 - EF Preparações - 2m.08s.901
8o.- William Daulisio - # 71 - Epenezer/Wessler - 2m.09s.145
9o.- Eduardo Dias - # 8 - San Race - 2m09s.252
10o.-Marco Vale - # 22 - San Race - 2m10s.158

Após a classificação foi feita uma vistoria no programa de injeção dos carros, onde foi constatado que os carros de Rodrigo Rosset e Eduardo Moreira estavam com a linha de corte de rotação alterada, o que motivou o reposicionamento desses pilotos para o fim do pelotão. A grande novidade deste ano é a largada parada, o que provocou alguma preocupação por parte dos organizadores, mas tudo correu à perfeição.



Após baixada a bandeira, Heitor Nogueira pulou à frente, seguido de Fernando Monis e esses dois pilotos protagonizaram o grande duelo nas primeiras voltas. Heitor Nogueira valia-se da melhor performance de seu motor nas retas, enquanto Fernando Monis justificava o título de campeão de 2011 e sua grande experiência em Interlagos arriscando-se nas curvas e utilizando muito bem o vácuo para não descolar da traseira do carro de Heitor Nogueira.

Enquanto várias disputas se estabeleciam no bloco intermediário, Rodrigo Rosset e Eduardo Moreira progrediam das últimas posições e a partir da quarta volta já se embolavam no bloco dos ponteiros, numa performance sensacional que eletrizou o público presente. Rosset logo juntou-se à disputa pela primeira posição com Heitor Nogueira e Fernando Monis e esses três pilotos proporcionaram  um duelo de altíssimo nível, mudando de posições a cada volta, até que Monis começou a perder e rendimento, ficando um pouco para trás. Lá na frente Rodrigo Rosset e Heitor Nogueira davam continuidade a um  combate sem trégua até que faltando duas voltas para o final, os dois pilotos bateram rodas na Curva do Esse, com o carro de Heitor subindo na traseira do carro de Rosset e acabando por levar a pior.

Sem a pressão de Heitor Nogueira, Ricardo Rosset não teve maiores dificuldades de ir até o final, levando a bandeirada dois segundos à frente de Fernando Monis. A nota destoante desta bela prova foi a tentativa de agressão do preparador de Heitor Nogueira ao piloto Rodrigo Rosset durante a vistoria,  tentando imputar ao campeão de 2012 a culpa pelo acidente que alijou seu piloto da liderança. Chamados à direção de prova e com os ânimos serenados, foram esses os dez primeiros colocados que marcaram pontos nesta etapa:

1o.- Rodrigo Rosset - # 19 - Ramazza Seguros
2o.- Fernando Monis - # 34 - Monis Racing/TJ Competições
3o.- Eduardo Moreira - # 0 - LF Competições
4o.- Sandro Freitas - # 17 - San Race
5o.- Matheus Jacques - # 14 - Vivo Sabor/Kalena
6o.- Emilio Ianez - # 7 - EF Preparações
7o.- João Tubino Neto - # 50 - Estação Lub/TJ
8o.- Arthur Leme - # 51 - Alfia Peças
9o.- Kenner Garcia - # 12 - Competikar
10o.- William Daulisio - # 71 - Epenezer Wessler.

A melhor volta foi de Eduardo Moreira, com 2m03s700, à média de 125.403 Km/h. A segunda etapa do Campeonato Paulista de Formula Vee será disputada dia 16 de março. Até lá...!

(vídeo cortesia Emilio Ianez)

Nenhum comentário: