quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Regulamento de 2013

Esclarecimento sobre válvulas:

O regulamento é claro, é proibido o uso de cabeçotes de 8 aletas.

Repetimos os itens do regulamento que se referem a cabeçotes e válvulas:

"14 – CABEÇOTE
Permitido rebaixar o cabeçote (taxa de compressão é livre), sem qualquer outro tipo de
retrabalho.
Os cabeçotes permitidos podem ser de qualquer marca que seja de procedência nacional.
Permitido o reforço do apoio das porcas dos prisioneiros que prendem o cabeçote, quer
sejam com solda, calço de arruela ou qualquer outro trabalho, apenas com a finalidade de reforçar
o local que costuma trincar ou ser crítico ao motor.
Proibido o uso de cabeçotes antigos de 8 aletas.
15 – VÁLVULAS
Original ou do mercado paralelo (mercosul), desde que nas medidas originais."

Portanto, a interpretação de alguns que se pode usar algum componente do cabeçote de 8 aletas é errada. Pode-se usar apenas o que não é diferente. O cabeçote de 8 aletas usa válvulas de escape de 8 mm. O cabeçote de 6 aletas usa válvulas de escape de 9 mm.
Portanto, se pelo artigo 15 as válvulas tem que manter as medidas do cabeçote permitido, o único permitido é o de 6 aletas, as mesmas tem que ser obrigatoriamente de 9 mm.
Se forem colocadas válvulas de 8 mm, a medida das mesmas não será a original dos cabeçotes de 6 aletas e o regulamento é claro, as medidas das válvulas tem que ser as originais.
A proibição dos cabeçotes de 8 aletas teve exatamente o propósito de se evitar o uso de válvulas menores de 8 mm nas hastes e maiores na abertura.

O link do regulamento está no site da Fasp no link: http://www.faspnet.com.br/upload_cat_reg/reg_tec_427.pdf

Nenhum comentário: