quarta-feira, 27 de julho de 2011

Injeção

Acho que não é segredo que sempre se deve procurar andar para a frente. Um dos pilotos da categoria iniciou uma conversa com um instalador de injeções para motores VW a ar, evidentemente deixando claro que na Formula Vee não tem esse negócio de cobrar caro, tudo tem que ser acessível e assim tem sido.
Na minha opinião até por experiência própria em outro carro, a injeção muda muito o motor VW a ar e de certa forma o protege, fora que quem controla tudo é uma centralina que pode ser aferida em segundos, basta plugar um equipamento. Isso ajuda muito na fiscalização e na igualdade dos carros, que é um dos objetivos pétreos da categoria.
Coloco a todos a proposta recebida e gostaria que todos dessem atenção, pensassem e vamos conversando, qualquer modificação só será feita para 2012, este ano só as absolutamente necessárias, portanto, temos tempo para discutir, levantar os prós e contras, custos, arrumar coisas mais em conta e por aí vai.
Se compararem com o mercado verão que os preços estão bons, o que temos que saber é se podemos pagar, essa é a questão, que fica melhor eu não tenho a menor dúvida.

VALOR PARA FORMULA V (R$ 2170,00) CONTENDO:
1 MODULO FT 200 COM CHICOTE CONVENCIONAL
1 SENSOR DE AR
1 SENSOR DE BORBOLETA
1 SENSOR DE OLEO
6 CONECTORES DE BICO (2 VIAS)
1 CONECTOR TPS (2 VIAS)
1 CONECTOR HALL (3 VIAS)
1 PAR DE CORPOS SIMPLES DE INJEÇÃO COM: COLETORES, FLAUTAS E ACIONAMENTO.
4 BICOS DE INJEÇÃO
1 BOMBA DE COMBUSTIVEL (MODELO GTI)
1 DOSADOR COMBUSTIVEL (PEQUENO)

OPCIONAL:
BOMBA DE COMBUSTIVEL GTI (ORIGINAL BOSCH) R$ 330,00
CHICOTE PRONTO COM RELES R$ 360,00
BOBINA DE 3 FIOS R$ 135,00
DISTRIBUIDOR DE INJEÇÃO 179,90

Não tenho vergonha alguma de reconhecer que entendo de injeção tanto quanto entendo de literatura russa, ou seja, nada.
Tenho dúvidas desse chicote com reles, bobina, sei que o distribuidor tem ser um tal de Hall, no meu spyder veio tal de Hall e na hora que fui ver já tinha Hall, acabou sobrando, mas continuo sem saber o que é direito. No final está no Formula Vee, para mim é um distribuidor de ignição eletrônica como outro qualquer, apenas o conector é diferente. Aposto que em alguns carros já está montado o tal de distribuidor Hall e isso seria aproveitado.
Por isso é muito importante que os pilotos possam ajudar falando com seus mecânicos e preparadores levantando informações das dificuldades de instalação, eu já sei que esse tal chicote embora seja um monte de fios é misterioso de fazer e tem que ter uns conectores exatos do contrário não funciona. Isso pode ser ignorância pura e a coisa seja bem mais fácil do que parece, fio vende em qualquer esquina e essas lojas tipo Crestana, Ancona, FolegoTurbo e Sportsystem entre outras vendem esses conectores, eu que nunca tive curiosidade de olhar direito.
Em resumo, já temos uma idéia de preço, agora é partir para nos ilustrarmos, afinal, injeção não é rocket science, em pouco tempo vamos entender melhor e resolver as dúvidas.
O fornecedor que informou os preços analisou o problema e dentro de seu entendimento colocou como OPCIONAL o que ele acha que não é necessário que se compre dele, ou seja, ele entende que existem pessoas com competência para comprar, fazer e instalar esses itens. Achei uma posição honesta, mas temos que dominar isso.
Tenho dúvidas também se as bombas podem trabalhar com nosso tipo de pescador ou tem que trabalhar afogadas e nesse caso teríamos que modificar o tanque, mas isso vamos descobrir.
Na realidade, não existe nada difícil ou fácil, existe o que se sabe e o que não se sabe.
Conversamos no sábado, mas se alguém já tiver alguma opinião pode postar aqui mesmo, inclusive em relação à custos LÍQUIDOS de tal modificação.
Acredito que um par de carburadores em bom estado custe uns R$ 600, uma revisão e niquelação de R$ 300 a 400, acionamento, coletores e miudezas se chegue a uns R$ 1100, em resumo, estamos falando em no mínimo dobrar o preço. Quanto aos carburadores substituídos eles são facilmente vendidos no mercado recuperando parte do investimento.
De qualquer forma as perguntas são sempre as mesmas. Podemos pagar a diferença? Queremos pagar? Essas são as questões, na parte técnica já sabemos que a vantagem é muito grande, adeus limpeza de carburadores, regulagens, troca de giclês e outras chatices, meu spyder fica parado uma semana e é só ligar e ir embora andando no álcool e se puser meio de gasolina anda também que a injeção acerta.
Abraços a todos,
Roberto Zullino

21 comentários:

João Carlos Bevilacqua disse...

Coloquei no Puma 1980 e o carro, além da óbvia melhora da performance, acabou com o nhé-nhé-nhé da regulagem/equalização eterna dos carburadores. É um outro mundo. Como diz meu mecânico " É caro mai é bão ".

Lucca Paulinelli disse...

Sou mais vender o motor a ar e dar mais R$2mil pra pegar um motor novo 1.4 flex injetado. Pelo menos é oq varias pessoas me falam. Inclusive 2 amigos q correm de Speed em Londrina, q estão mudando o motor para AP. o 1.4 é pequeno, já vem de fábrica com 85cv+, com ajustes + o escapamento sobe para uns 100cv. As peças são muito fáceis de achar, mais barato e não da problema algum. Só não sei como seria o encaixe do motor no chassi e no cambio. Se for facil de solucionar, acho uma ótima opção. Motor a ar é dificil achar peças e quebra D+...

roberto zullino disse...

Lucca, colocar um motor à água não é fácil e complica o carro, onde colocar radiador, mangueiras, fora o peso, isso não está ao alcance de mecânicos comuns que é o objetivo da categoria.
Além disso, saimos fora dos regulamentos da Fvee internacional que usa motores a ar VW e é apenas a MAIOR na Inglaterra, USA, Austrália e Nova Zelândia. Acho que inglês deve entender de carro mais que nós.
A mecânica a ar é muito robusta se for feita direito e é um selfpackage, é só montar motor e cambio com eixos e freios e a traseira está pronta.
Colocar um 1,4 casaria com o cambio apenas com uma flange? O chassis teria que ser modificado para entrar. Se flange resolve usa o mesmo cambio, mas se tiver que trocar o cambio tem que se fazer outra suspensão traseira pelo uso de homocinéticas.
Nunca tive dificuldade alguma de achar peças para o motor do meu Spyder, aliás ele nunca quebrou, abrimos o motor com mais de 22 corridas e só tiramos a folga axial dos mancais.
Além disso, os motores VW sairam dos automóveis e foram para os aviões, uma boa parcela das carcaças da Rima vai para o segmento aeronáutico, se quebrasse não iam deixar usar em avião.
No nosso caso, o motor nem muito exigido é, ao contrário dos speeds que tem mais de 110/115 hps, o nosso tem 75 HP na roda.
Estamos falando de categorias com exigências dos motores e preparação muito diferentes.
Acredito que nos speeds até se justifique embora piorando o equilíbrio do carro.

Bongar disse...

Sua injeção é original, de kombi, fueltech não corrige por sonda, e não fica barato não, para uma categoria que não alinhou nem 20 carros no grid já tem gente querendo liberar muita coisa, deixa como está, se precisar eu arrumo os modulos e apresento quem equalize eles, fueltech vai ter de acertar todo dia a mesma coisa que carburado, acho que se for para diminuir custos de verdade tudo vale, senão deixa como está, vai mudando regulamento e vão acabar antes de começar.

Eduardo disse...

Este é um kit plug & play, o preço é uma promoção do fabricante (Fueltech) junto com o fornecedor do resto do kit.
Acredito que com injeção os nossos motores vão ter um rendimento maior com muito mais durabilidade, adeus troca de gicles, ajuste de ponto e motor batendo pino.
Para vcs terem uma idéia, nós podemos programar uma temperatura do óleo e acima dela o sistema liga a ventoinha, atrasa o ponto e aumenta a dosagem da injeção para evitar a quebra do motor.
Podemos também limitar a rotação e se for conveniente, a programação fica travada por senha e é facilmente conferida se foi alterada após a corrida por um computador.

roberto zullino disse...

Bongar, é verdade, a minha é original e usa sonda lambda.
É opiniões como a sua que queremos ouvir, vai falando mais.
Se quiser me envie e-mail com contatos de quem possamos conversar. Não vamos mudar nada sem segurança e certeza.

Eduardo disse...

Bongar, acho que vc não entendeu, este preço já é da Fueltech que já vai mandar o modulo programado não precisa equalizar nada, aliás se vc tiver curiosidade, baixe o programa no site deles e vc vai ver que é muito simples, ele pede algumas informações e faz o mapa de combustivel e ponto sozinho.
Quanto as correções, ele faz o ajuste por volume de ar (posição da borboleta) com correção por temperatura do ar e do oleo, não tem porque ajustar toda hora como vc disse, a função da injeção e acabar justamente com isso

Francisco J.Pellegrino disse...

Não entendí esta do ajuste constante na fueltech...tenho no meu Camaro a 4 anos e nunca mexí nas regulagens iniciais !

M disse...

Para quem não sabe andar, os pés atrapalham...
O comentário do Bongar é perfeito !
Deixem como está !

Eduardo disse...

...e vamos continuar sustentando os preparadores de motor, vamos fazer varios pares de carburador no banco de fluxo a 1000 reais cada, vamos continuar fazendo tempos com 15segundos de diferença entre os participantes e quem não souber carburar e ajustar a curva do ponto que contrate um preparador.
Vcs tem razão, fica muito mais barato...
Aliás, vcs (bongar e M) estão participando ?
Sabem quanto custa para se manter na categoria ?
Conhecem as dificuldades e os custos de quem está correndo?

Mestre Joca disse...

A discussão é saudável e devemos ouvir a todos. Afinal, nada vai mudar este ano.Mas também não podemos ser refratários a qualquer idéia ou sugestão que possa melhorar nossa categoria.

Isso também não quer dizer que serão adotadas, a menos que haja consenso geral dos participante, tendo sempre em mente que qualquer modificação que haja deve ser considerado o preço e a longevidade para que não haja alterações ao regulamento toda hora.

M disse...

Hahahahahhhhh...
Eduardo, Eduardo !
Como eu disse, prá quem não sabe andar, até os pés atrapalham...
E coitado dos mexânicos ! Eles precisam de vc !
Existem alguns milhões de VW andando há anos com os carburadores, e só os seus não funcionam ?
Acorda, rapaz !

Eduardo disse...

Querido M, os meus funcionam muito bem e se não funcionarem eu posso resolver facilmente, graças a Deus...
Eu estou querendo é uma coisa que alguns não estão acostumados no automobilismo, pensar no grupo.
Vc tem razão talvez os meus pés atrapalhem, mas eu tenho me divertido bastante tentando andar ao invés de ficar cagando regras do tempo das corridas de bigas pelo computador sobre assuntos que eu não entendo nada.

M disse...

Eduardo,
Se vc está se divertindo, ótimo !
Continue assim e com os carburadores !
A injeção que vc está defendendo é inviável ! O tal "kit" é um amontoado de peças emprestadas de diversos carros e que muito provavelmente não estará mais disponivel nesta configuração, já na próxima semana !
Injeção é melhor ? É !!!!
MAS além de mais cara, ninguém vai conseguir garantir o fornecimento de um padrão. Portanto esqueça !
Para sobreviver, a categoria precisa de componentes perenes, e carburadores Brosol continuarão a existir pelos próximos 50 anos.
Só concordamos em uma coisa: FVee é mesmo do tempo das corridas de biga (porisso que eu entendo); e vc que chegou agora, é que está cagando regras sobre sobre assuntos que não entende nada !

Eduardo disse...

Quando vc participar efetivamente da categoria, vc pode opinar a vontade.

regi nat rock disse...

Xiiii Eduardo. Pelo visto vc não sabe quem é o M. Também não vou contar,nem estou defendendo pois não tenho nem quero procuração pois ele se basta, mas lhe digo que, se ele fala, até com alguma falta de educação (marca registrada) é bom parar e pensar a respeito pois é opinião a ser respeitada e avaliada em toda a profundidade, pois ENTENDE e muito, da bagaça. Também não gosto das traquitanas eletronicas, MAS, reconheço que funcionam melhor que um - ou mais- carburas. O diabo é que, se dão um tilt qualquer, babau. Se o carbura dá um tilt sempre é possível um remendo improvisado.
Eu continuo a fim de entrar nessa pra me divertir. Na pior das hipóteses alugo um dos do Munis e mato a vontade, mesmo porque não preciso provar nada a ninguém nem estou a cata de louros.
E se a regra internacional determina carburadores, então essa passa a ser uma discussão inútil, ou então terá que mudar tudo e aí, a regra de ouro (custo baixo) vai pro espaço e a brilhante e corajosa iniciativa do Zuzu e do Joca vai pro ralo. Melhor avaliar com absoluta frieza, sem emoção.

regi nat rock disse...

Completando: A proposta não é fazer o carro no fundo do quintal, aproveitando a habilidade do piloto em regulagens, ou do amigo meca que vai dar uma força? Se ficar caçando os "prima donas" da área, realmente vai gastar uma grana sentida.
Equação dificil de resolver, mas opto pelo custo baixo. Essa deve ser a norma geral. E o ajuste fino, que cada um faça o seu melhor, pois ajustar um carro pra pista, não é tarefa facil pra ninguém.

Pedro Henrique "Baleiro" disse...

Amigos, embora não seja umdos felizes participantes da categoria, antes que o Eduardo me puxe as orelhas, concordo com o Regi, se a categoria quer s manter barata o melhor será não inventar muito. Eu consigo desmontar, montar e regular razoavelmente um carburador mas, em se tratando de injeção...
Teriamos que dispor de equipamentos caros e sofisticados além de depender de técnicos mais rspecializados.
Quanto custa uma limpeza de bicos?
De qualquer modo, meus parabéns a todos.

sergio luis disse...

Como o Joca falou, acho a discussão interessante e deve ser levada adiante... devemos colocar no papel os prós e os contras... pelo que analisei do texto e opinião de todos ainda não consigo ter uma opinião formada... mas nada que um bom bate papo desenvolvendo a idéia para poder saber o que fazer... A idéia do Edu de se pensar no grupo é por mim tb corroborada... abs

Nosbielcs disse...

Issa injeção funciona em motor FIASA. Num fiat 147?

roberto zullino disse...

Fuciona sem problema algum, entre no site www.futuraimports.com.br e pegue as direções. A empresa tem 2 motores Fiat com a injeção, um para demonstração e outro instalado em um UNO com turbo