domingo, 24 de outubro de 2010

Motor e Cambio

Dando continuidade à montagem, todos os suportes vêm no kit básico, usa-se apenas ferramentas normais.
Em menos de uma hora coloca-se o motor e o câmbio, montando-se os amortecedores e molas traseiros e as rodas já se tem um "rolling chassis".

Terminada a suspensão dianteira o chassis esperando a colocação do motor e do câmbio.

Colocando o motor, o suporte dianteiro já deve estar fixado no parafuso da carcaça atrás da bomba de óleo, mas apenas com o parafuso, arruela e porca fixados e não apertados.

Apoiando o suporte dianteiro do motor no chassis. Encaixa-se os dois parafusos que prendem o suporte no chassis, coloca-se porca e arruelas sem apertar nada.

Câmbio, canelas, freios esperando a colocação no carro. Os suportes tipo barquinha do câmbio devem estar fixados e bem apertados, pois com o motor junto do câmbio os parafusos e porcas não mais serão acessíveis para aperto.
O câmbio deve ser revisado depois de adquirido para se inverter a corôa e pinhão, além de se anotar a relação, basta contar os dentes do pinhão e da corôa. São 3, 8:31 que é a mais longa e usada no Fusca Itamar, 8:33 e 8:35. A inversão da corôa é necessária para que o carro tenha 4 marchas para a frente e uma a ré.
Os freios também devem ser revisados colocando-se lonas novas, lubrificados ou trocados os rolamentos de cubos de roda e os reparos dos cilindros de freio.

Colocando o câmbio e juntando com o motor. A posição e a geometria do chassis permitem fácil acesso e é muito fácil o encaixe.

Detalhe do suporte na junção do motor e do câmbio (barquinhas).

4 comentários:

PH Trade disse...

Prezado Zullino,

Muito bom este passo a passo.

Pelo baixo número de comentários parece que está todo mundo "esperando para ver", este é um sentimento de quem está à distância.......muito distante!!!

roberto zullino disse...

Na realidade, estamos tentando fazer uma espécie de manual para mostrar a facilidade de montagem do carro.

Se o interessado mandar revisar o motor e o câmbio em um mecânico é só aparafusar o motor/cambio e a suspensão dianteira que já se tem o rolling chassis.

O resto é perfumaria e capricho, se for comprado o kit montagem rápida é só ir aparafusando a pedaleira, o trambulador, coluna, volante com quick release, banco, cintos, instrumentos, colocar o tanque e depois é capricho para passar o cabo de acelerador e as tubulações de freio e embreagem.

Jorge Ottolini disse...

Realmente muito bom os passo a passos. tanto da suspensão dianteira como do motor e cambio.
Estou só no aguardo do regulamento tecnico, pois li algumas coisas que não gostei, como a liberade de preparação nos comandos, volante do motor e taxa de compressão, achava que o motor 1600cc original, com carburação 32,o comando da kombi u não, o alivio do motor de no maximo 2 kgs e a taxa de 12.1 ia bem. Meu carro atual ganhou um comando feito no Sul, que ganhou em torno de 6 cavalos, mais o custo foi muito alto. isto poderá vim a honerá a categoria. Por isto estou a esperar o regulamento para não entrar em outra furada igual F.Ford ou Chevrolet, que começou dentro de um preço e foi para niveis altos. A todos um grande abraço.

Jorge Ottolini disse...

Realmente muito bom os passo a passos. tanto da suspensão dianteira como do motor e cambio.
Estou só no aguardo do regulamento tecnico, pois li algumas coisas que não gostei, como a liberade de preparação nos comandos, volante do motor e taxa de compressão, achava que o motor 1600cc original, com carburação 32,o comando da kombi u não, o alivio do motor de no maximo 2 kgs e a taxa de 12.1 ia bem. Meu carro atual ganhou um comando feito no Sul, que ganhou em torno de 6 cavalos, mais o custo foi muito alto. isto poderá vim a honerá a categoria. Por isto estou a esperar o regulamento para não entrar em outra furada igual F.Ford ou Chevrolet, que começou dentro de um preço e foi para niveis altos. A todos um grande abraço.