quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Lista de Reserva.

Chegou o momento. Nossos entendimentos com a Federação foram frutíferos e a categoria está praticamente aprovada faltando alguns detalhes de contrato e desenhos.

Estamos abrindo uma lista de reserva neste post e peço que leiam com atenção, pois as compras iniciam aqui.

Ainda não é necessário pagamento, apenas informações e interesse na compra.

O chassis composto do "space frame", apoios de motor/câmbio em número de 4, um no parafuso atrás da bomba de óleo, dois na junção do motor/câmbio e um final do câmbio, caixa de direção de 1 volta, suporte da bateria e facões. A foto abaixo ilustra o kit básico que acompanha obrigatoriamente o chassis.














O space frame pode ser visto na foto abaixo, é o chassis número 002 idêntico ao 001 e já foi feito em gabarito, os subsequentes serão idênticos:














O conjunto acima tem o preço TABELADO em R$ 3.800,00 pagos em duas vezes, metade na encomenda e metade na entrega.

A compra será feita diretamente no fornecedor, mas a encomenda tem que ser por aqui para que se mantenha a fila de entrega.

Os que se interessarem devem enviar e-mail específico criado para as encomendas para o seguinte e-mail: formulaveebrasil@gmail.com . Dúvidas e comentários não devem ser enviadas a este e-mail, pois serão ignoradas.

O interessado deverá informar na ordem abaixo:
1-Nome completo
2-Endereço completo com CEP
3-E-mail preferencial
4-Telefone Fixo
5-Telefone Celular
6-Cpf ou Cnpj
7-Experiência no automobilismo. A categoria aceita novatos, ou seja, não é necessário se ter curso de pilotagem, mas uma simples carteira da Fasp
8-Se for de fora do estado de São Paulo uma breve explicação de como pretende correr o campeonato.

Será feita uma planilha classificada por ordem de chegada dos e-mails. Posteriormente, serão contatados os interessados e solicitado o pagamento da entrada.

A ordem de atendimento será pela data efetiva do pagamento da entrada.

Em próximo post serão informados os preços das seguintes peças que sugerimos ser adquiridas para que se facilite mais ainda a montagem do carro:

1-trambulador
2-pedaleira regulável sem os cilindros e tubulação
3-tanque de combustível em alumínio
4-banco
5-carenagem
6-escapamento

Reiteramos que essas peças não precisam ser obrigatoriamente compradas do fornecedor do chassis, mas recomendamos que isso seja feito.

Logo colocaremos o vídeo do carro andando na inauguração da pista de Piracicaba. Girou na chuva em 1,22 pilotado pelo Juca que corre de Gol 1600 com 150 cavalos. O Juca girou 1,5 s a menos do que com o seu Gol habitual e no mesmo tempo da Stock Jr. Isso em um carro de 70 cavalos. A opinião do piloto é de que o carro é facil de guiar, obedece e nas suas palavras coloca-se a frente onde se quer e freia muito.

Algumas fotos tiradas por Marcelo Faé Ferreira na estréia do carro em Piracicaba.






e-mail para reserva: formulaveebrasil@gmail.com

10 comentários:

Fernando Bueno disse...

Vocês irão disponibilizar a planta para as pessoas que queiram construir o chassis?

Mestre Joca disse...

Para que não pairem dúvidas é bom que se explique:

Faltam pequenos detalhes específicos a nível de contrato entre a FASP e nós, os promotores. Alguns ajustes no desenho do chassi para fins de homologação.Só isso, no mais regulamentos técnicos e desportivos já foram aprovados.

A categoria é amadora e vai permitir a participação de pilotos Graduados B e Pilotos Novatos. Os Novatos não precisarão de curso de pilotagem, mas alguma experiência pelo menos em kart amador é desejável, embora não obrigatória. Afinal, estamos tratando de um monoposto.

Não sabemos ainda os valores das inscrições pois a FASP ainda está tratando desse assunto com os clubes organizadores. Adianto logo que este é um assunto do qual não temos o menor poder de ingerencia,isto é com os clubes organizadores mas estamos trabalhando para que seja bem acessível.

Pela nossa programação serão realizadas oito provas em Interlagos no ano vindouro e algumas em Piracicaba, quando Iterlagos estiver fechado, mas ainda não fechamos a quantidade pois o calendário de 2011 ainda não foi determinado.

Alguns treinos coletivos serão programados no inicio do próximo ano, para orientação sobre acertos e melhor aclimatação dos interessados na condução do Fvee.

Bem, até aqui foi quase um ano de muito trabalho, esforço, dedicação e dinheiro dispendido. Muitos colaboraram e continuam a cooperar conosco, mas agora se encerra o período de palpites,sugestões, cumprimentos e até mesmo críticas.

Agora é a hora do vamos ver, do fazer, ver quem efetivamente está interessado em participar da categoria.Pedimos que consultas apenas especulativas sejam evitadas, pois precisamos estabelecer a ordem e o ritmo de produção.

Obrigado a todos pela compreensão.

Mestre Joca disse...

Não, Fernando.

As plantas do chassi não serão disponibilizadas para construção por terceiros pois não temos como supervisionar a fidelidade da construção quanto à qualidade dos materiais, soldagem, etc.

Essa é uma possibilidade descartada. No momento já licenciamos somente um construtor, que dará conta dos primeiros pedidos sob nossa supervisão.

Um abraço,

Fernando Bueno disse...

Joca,

Entendo a decisão de vocês. É que como acompanho o blog e já li ele inteiro algumas vezes, a idéia inicial, pelo que eu entendi, seria alem de fabricar o chassi, disponibilizar a planta para quem quisesse construí-lo, diminuindo ainda mais o custo do carro.

Aguardo os valores das outras peças, bem como da carenagem, para começar os calculos e, quem sabe, fazer a reserva.

Obrigado.

Mestre Joca disse...

Fernando,

Você tem razão, essa era a idéia inicial. Mas há fatos que fogem ao nosso controle.

Um deles é que a federação exige que o projeto seja assinado por um engenheiro responsável e que haja a chancela de um construtor, o que é perfeitamente natural no caso.

O que estamos fazendo é tentando subsidiar a categoria através de apoios e negociando preços do chassi e os outros implementos a fim de torná-la atrativa e viável, próxima daquilo que vimos pleiteando.

Acho que seu procedimento é o correto, após a divulgação dos preços, faça sua análise para tomada de decisão.

um grande abraço,

João Cesar Santos disse...

eu tenho interesse em adquirir um chassi, mas como estou no RS e não pretendo correr, vou esperar...

roberto zullino disse...

Fernando,
Lamentavelmente, aqui não há a cultura do do it yourself como nos USA.
As dificuldades de se fazer um chassis de maneira correta vão muito além de apenas seguir o desenho, a etapas de corte, alinhamento e soldagem exigem prática e principalmente uso de ferramentas especiais que nem todos tem. A supervisão da fabricação e aprovação dos chassis seria uma tarefa imensa, muito além da estrutura da organização que tem que ser dirigida ao marketing da categoria para viabilizá-la.
A sua dúvida é muito boa e nos dá a oportunidade de discutir um pouco. Pelo preço pedido no chassis o interessado receberá algo estremamente bem feito e receberá quase que de imediato. Se fizesse em casa poderia economizar alguns caraminguás no máximo, mas demoraria muito mais e certamente na maioria dos casos a qualidade seria pior. Não seria aí a economia.
A organização continua na sua filosofia de não ter fábrica de chassis, tem projeto e desenvolve fornecedores. No momento pela necessidade de termos que aprontar carros rapidamente ainda não terminamos o desenvolvimento de outros fornecedores porque tumultuaria o processo.
Queremos pelo menos 15 carros prontos até o GP de São Paulo dia 25 de janeiro.
No entanto, inexoravelmente ao longo do tempo mais fornecedores existirão, embora o preço do chassis e da caixa de direção continue, tabelados pela organização. Acreditamos que nas outras peças a competição irá baratear os custos.

PH Trade disse...

Aguardo os preços dos complementos:
1-trambulador
2-pedaleira regulável sem os cilindros e tubulação
3-tanque de combustível em alumínio
4-banco
5-carenagem
6-escapamento

A forma de pagamento será a mesma do chassis? Na verdade seria um combo básico e outro mais completo(com estes seis itens).

Grato

Raphael
Passat#76
Classic Cup

roberto zullino disse...

A forma de pagamento é com o fornecedor, a única coisa que cuidamos é do preço e da forma de pagamento do kit básico do chassis mais os acessórios.

além disso, nenhuma peça fora o kit básico é obrigatória, pode ser comprada de quem quiser ou feita em casa.

apenas recomendamos para que se compre do fornecedor do chassis para facilitar.

ao longo destas semanas iremos colocando os preços e formas de pagamento das peças complementares.

elton rs pizzio disse...

Ola, ha possibilidade do esquema do trambulador ser distribuido? Para que possa ser fabricado.